Produtos anti-mofo

Como mofo na casa prolifera, causas e conseqüências

O fungo é constituído por fungos microscópicos e microorganismos de diferentes naturezas que são criados em condições de umidade excessiva, através da absorção de vapor de água que é depositado em ambientes com isolamento térmico ruim ou ruim.

Em espaços vivos, o mofo pode aparecer na forma de manchas pretas ou verdes escuras nas paredes, descascando as paredes, móveis de madeira que começam a apodrecer, amarelecimento das páginas dos livros, mau cheiro nos armários e roupas.

Um ambiente que é evidentemente úmido nem sempre é necessário porque o molde se espalha na casa: até mesmo uma umidade oculta e latente contida em alguns materiais pode nutrir esses microrganismos contra os quais é necessário agir com produtos antimofo adequados.

Mesmo ambientes que parecem estar secos podem conter níveis de umidade que permitem o desenvolvimento de fungos no caso de paredes externas mais frias.

A humidade excessiva na origem do molde pode ser causada pelas actividades habituais da cozinha e da casa de banho, a área de lavandaria, mas também pela infiltração de água externa através de tubos, telhados e paredes com fissuras, para não mencionar a fraca ventilação.

As conseqüências diretas do mofo na casa são representadas pelos danos ao mobiliário, mas os problemas de saúde mais importantes podem ser.

Além do odor desagradável perceptível em casa, algumas doenças como asma, problemas respiratórios e imunológicos podem, de fato, ser causadas por fungos.

Remédios e produtos anti-mofo nas paredes

A presença de mofo nas paredes da casa é um fenômeno bastante comum, especialmente no teto em ambientes muito úmidos, como o banheiro, o porão ou a cozinha.

As causas podem ser diferentes e fazer um diagnóstico adequado é o melhor método para escolher o remédio certo, intervindo com produtos anti-mofo.

Para remover manchas nas paredes, um dos melhores produtos anti-mofo é o alvejante. Usando uma máscara e luvas para não inalar os vapores tóxicos e evitar o contato com o líquido, o alvejante é diluído em água molhando um pano na mistura e esfregando as paredes onde há mofo.

Em alguns casos, pode ser necessário usar uma escova de cerdas que não seja muito dura para evitar danificar a parede ou repetir a operação duas vezes até que o molde tenha sido eliminado e a superfície esteja completamente limpa.

Evidentemente, simplesmente remover o molde não resolve o problema e identificar a causa do molde é a única maneira de lidar com o problema da raiz e obter resultados satisfatórios ao longo do tempo.

Se o mofo for causado por problemas de ventilação, é altamente aconselhável arejar o ambiente durante uma hora por dia, seja naturalmente ou usando sistemas artificiais. Em caso de umidade excessiva, é aconselhável usar desumidificadores modernos que restaurem o nível de umidade em casa.

Produtos anti-mofo não tóxicos

No caso de você não querer usar produtos químicos para remover o molde das paredes e articulações, você pode optar por óleos essenciais com propriedades antifúngicas conhecidas.

Entre os produtos anti-mofo à base de óleos essenciais estão aqueles que têm entre seus ingredientes o gerânio egípcio, antifúngico e antibacteriano, a lavanda e o capim-limão de Madagascar.

Com a ajuda de um vaporizador, você pode misturar os óleos essenciais com álcool e spray nas áreas afetadas pelo mofo, evitando assim o uso de água sanitária, mas tomando o cuidado de sair da sala e ventilar antes de retornar após o tratamento.

Para remover o molde de superfícies de madeira, é melhor começar por aspirar para remover o excesso de poeira e mofo, procedendo limpando com um pano embebido em uma solução de água e detergente, um dos produtos anti-mofo que não danifica a madeira.

Depois de remover todos os vestígios, seque com um pano seco e deixe-o no ar, possivelmente perto de uma fonte de ventilação para evitar a estagnação.

Entre os produtos anti-mofo específicos existem algumas tintas fáceis de encontrar no mercado que evitam o problema e garantem excelentes resultados.

Nos ladrilhos de silicone e nas juntas do banho, você pode deixar agir por cerca de uma hora uma dose espumosa de água e detergente após esfregar vigorosamente com uma escova, depois enxaguar bem e secar, deixando as janelas abertas especialmente na primavera.