Paredes divisórias de madeira

Paredes divisórias em madeira para interiores

Os espaços interiores de nossas casas pedem para ser organizados da maneira mais agradável possível, especialmente se surgir necessidades familiares ou de trabalho específicas.

Embora a divisão clara das salas seja definida pela presença das paredes, a necessidade pode ter que dividir os volumes disponíveis ainda mais, dando origem a quartos adicionais ou soluções dedicadas ao trabalho.

Adicionando partições em sua casa, muitas vezes se traduz na criação de obras de alvenaria adicionais, usando materiais como blocos de gesso ou materiais de tijolo.

Aventurar-se em uma alvenaria, embora interna, traz consigo uma série de conseqüências que merecem ser consideradas: desde a elaboração inicial do projeto até o envolvimento das plantas e a problemática remoção futura.

Se a divisão pedir para ser implantada rapidamente e buscar economia em termos econômicos, a solução ideal é a escolha de divisórias de madeira, elementos fáceis de inserir e ricos em boas características.

No mercado você pode encontrar muitas variações de divisórias de madeira, desde as preciosas propostas em madeira maciça, até as soluções mais econômicas em madeira laminada ou compensada. Seja qual for a escolha do material favorito, a ductilidade e as possibilidades cromáticas que a madeira garante são traduzidas em uma ampla liberdade estilística, perfeita para criar as divisões necessárias sem intervenções drásticas ou prazos excessivamente nítidos dentro de sua casa.

Paredes divisórias de madeira

As paredes divisórias de madeira são frequentemente feitas de blocos de madeira pré-fabricada, presentes sob a forma de molduras e, tal como a alvenaria, devem ser resistentes e não deformáveis.

Para este efeito, a moldura de madeira é frequentemente coberta com painéis de contraplacado ou materiais semelhantes e dentro da parede assim estruturada, está alojada do material isolante, o que garante um isolamento eficaz em termos ambientais e permite reduzir a espessura.

O material isolante pode ser de vários tipos e pode adaptar-se às necessidades de uma forma muito versátil.

Por exemplo, se a nova sala pedir para ser dividida de um ambiente normalmente não aquecido, o material pode ter características de isolamento térmico, enquanto que se o novo ambiente exigir isolamento acústico significativo, o material necessário pode ter características que garantam absorção sonora.

Através da escolha do material isolante mais adequado, as paredes divisórias de madeira adquirem um valor funcional às necessidades de alojamento, uma vez que são colocadas ao serviço completo dos utilizadores finais.

Este aspecto enfatiza ainda mais os recursos compatíveis com o meio ambiente, já que a presença de madeira garante um excelente rendimento geral, garantindo um conforto de vida ideal.

Ter um bom isolamento acústico e térmico é um aspecto que pode aumentar grandemente o bem-estar dos habitantes e a eficiência energética, especialmente se as paredes de madeira forem usadas para dividir ambientes delicados, como quartos ou espaços dedicados ao desenvolvimento da profissão. .

Paredes divisórias para casa

As divisórias de madeira têm muitos aspectos positivos, tanto na sua essência como na sua estrutura, e oferecem muitas vantagens.

Juntamente com a possibilidade de inserir o revestimento que melhor atende às suas necessidades, há também a oportunidade de incluir facilmente qualquer tipo de conexão, canalizando os sistemas existentes para a nova porção criada. Se este aspeto for por vezes marginal no caso dos sistemas de canalização, torna-se fundamental em termos de sistemas elétricos, sem dúvida necessários em todas as divisões da casa.

Além dos sistemas mais comuns, as divisórias de madeira podem hospedar os canos da música ambiente, a televisão, adaptar-se às inovadoras conexões de automação residencial e acomodar os sistemas conectados aos sistemas de alarme. Uma outra boa característica das paredes divisórias de madeira reside na simplicidade da montagem e subsequente desmantelamento.

Uma vez que o material e o estilo das paredes tenham sido identificados, eles podem ser facilmente montados dentro da casa e, se no futuro for decidido removê-los, todos os materiais de composição podem ser recuperados. Blocos de realização também estão facilmente disponíveis em lojas especializadas, com uma consequente economia em termos de economia e tempo geral.

Na foto: parede divisória Plan W. Zebrato

Divisores de quarto para ambientes internos

A grande ductilidade da madeira e sua facilidade de processamento, permitem a criação de painéis divisórios de grande originalidade e beleza, que, além de ser um elemento prático para dividir o espaço, pode se tornar um elemento fortemente característico do meio ambiente, com alta poder decorativo. Isso acontece, por exemplo, quando você escolhe sua escolha para painéis de madeira particularmente trabalhados ou madeiras preciosas que destacam a beleza do grão. No mercado existem inúmeras soluções que também permitem divisores de madeira modulares, com sistemas de painéis deslizantes de madeira que, graças aos guias úteis, podem ser movidos com extrema facilidade para adaptar o espaço às necessidades contingentes.

Como o exemplo na foto mostra, uma parede divisória de madeira pode se tornar um elemento decorativo em primeiro plano em qualquer contexto, dando calor e beleza a todo o ambiente.