Manutenção ordinária, intervenções, métodos

Manutenção ordinária e extraordinária

Manutenção ordinária e extraordinária: muitos estão confundindo esses dois tipos de intervenções de construção relativas à área do condomínio. Por isso, tentamos esclarecer. Trabalhos de manutenção ordinária são aqueles necessários para a reparação, renovação e substituição do acabamento de um edifício e os necessários para integrar ou manter os sistemas existentes. Alguns exemplos? Quanto aos trabalhos internos, a pintura, a pintura, a reconstrução dos gessos; a reparação de pavimentos, rivestimenti, controsoffitti, apparecchi sanitari, instalações técnicas e tecnológicas, infissi; a modernização de instalações técnicas que não envolvam a construção, modificação ou destinação de instalações para serviços higiênicos ou tecnológicos. Quanto aos trabalhos externos, a limpeza, a pintura, a reconstrução total ou parcial dos gessos; a limpeza, a reparação, a substituição ou a tinteggiatura de infiços e de rivestimentos e pavimentos externos; impermeabilização e isolamento; intervenções de vários tipos em chaminés e chaminés, cornijas e molduras, rodapés, paletes, degraus, corrimões, grades. Intervenções extraordinárias de manutenção, por outro lado, são todas aquelas necessárias para renovar e substituir até mesmo partes estruturais de edifícios, desde que os volumes e superfícies das unidades de construção individuais não sejam alterados e não levem a mudanças nos destinos de uso. Exemplos: consolidação ou substituição de estruturas de suporte de carga, fechamentos, paredes externas; realização ou eliminação de serviços sanitários e tecnológicos; trabalha para apoiar e consolidar a cobertura; demolição e substituição de pavimentos; desumidificação e consolidação no subsolo; modificação de materiais de construção e cores de edifícios; reconstrução de escadas e rampas.

Comunicação começar a trabalhar manutenção ordinária

O Artigo 33 da Lei Regional 12/2005 estabelece que, em conformidade com os regulamentos da indústria, os trabalhos de manutenção normal podem ser realizados sem autorização. Em outras palavras, não é necessário apresentar qualquer comunicação ao Município, exceto no caso de intervenções na fachada, para as quais é necessário verificar a presença de restrições ou do Plano de Cores. A execução das obras é efectuada sob a responsabilidade do proprietário ou do título, tanto no que diz respeito à classificação das próprias obras como manutenção normal, como no que respeita ao cumprimento das disposições do regulamento do edifício, bem como às disposições que regem o assunto em questão. perfis específicos, como higiene, prevenção de incêndios e segurança. Em qualquer caso, é uma boa idéia comunicar à administração municipal a data de início da obra e a data em que, presumivelmente, eles serão concluídos. A comunicação (que, repetimos, não é obrigatória) pode ser escrita em papel comum ou através de um formulário especial disponibilizado pelo próprio Município e muitas vezes disponível no site oficial.

Manutenção ordinária Vat

Para intervenções de manutenção ordinárias, se realizadas em edifícios com um destino predominantemente residencial, é possível aproveitar o desconto de 10% do IVA. Esta taxa aplica-se à prestação de serviços, ou seja, às intervenções realizadas pela empresa e à compra de materiais, se realizadas pela própria empresa. No caso em que a empresa emite uma fatura com o IVA para 22% em vez de 10%, o último pode solicitar um reembolso; Nesse ponto, a empresa deve prosseguir com uma transferência bancária. Por outro lado, se os materiais para trabalhos normais de manutenção são comprados diretamente pelo particular, o IVA é calculado de acordo com o regime ordinário. Isso também significa que, se você decidir operar de forma independente ou usar o "faça você mesmo", não poderá aproveitar o IVA facilitado. Além disso, o possível envolvimento de um técnico (arquiteto, engenheiro ou agrimensor) não tem nenhum "desconto".

Manutenção ordinária, intervenções, métodos: Trabalhos de manutenção ordinária

Como dissemos, a manutenção ordinária pode dizer respeito a uma única casa e a todo o edifício; A principal característica destes trabalhos é a manutenção de elementos de acabamento e sistemas tecnológicos. Substancialmente, portanto, trata de obras voltadas para a reparação do existente. Além dos exemplos já mencionados, a limpeza das fachadas faz parte da manutenção de rotina; reparo e substituição de luminárias, janelas, portas, portões, persianas e vitrines; a aplicação de cortinas e mosquiteiros; a reconstrução de pavimentação externa de pátios, pátios e cavidades; pequenas obras de alvenaria, como a criação de nichos ou pequenas paredes dentro da mesma unidade imobiliária; movendo ou fazendo móveis fixados à condição acima. Também são adicionados os trabalhos para a construção de bases ou estruturas para o apoio ou para a instalação de equipamentos externos, de tamanho modesto, para a melhoria de plantas existentes, desde que não envolvam a construção de uma nova área superficial bruta.