À prova de som um quarto

Sala de isolamento acústico

O problema de perturbar o ruído prejudica continuamente a paz entre vizinhos e inquilinos. Não só é desagradável para aqueles que são forçados a ouvi-los, mas também é desagradável para aqueles que não querem tornar públicas as atividades diárias e são forçados a prestar atenção em como elas se movem e no volume de dispositivos eletrônicos.

Ambientes de insonorização são um recurso muitas vezes não vinculativo, tanto economicamente quanto em termos de tempo, e que resolve permanentemente o problema.

Por insonorização queremos dizer o conjunto de processos que concorrem para isolar acusticamente um lugar. O controle de som pode ser parcial, amortecendo parcialmente o ruído ou total. Você pode isolar um local evitando que o ruído entre (como no caso de janelas reforçadas) ou saindo (cobrindo o teto, o piso e as paredes). Frequentemente recorremos à compra de cabines à prova de som adequadas para salas de ensaios com espaço limitado disponível.

Para soar corretamente uma sala, é necessário cumprir algumas leis físicas que regulam a propagação de ondas sonoras e escolher materiais adequados.

Insonorização de um quarto: Materiais e soluções para insonorizar um quarto

Criar um ambiente à prova de som é fácil e existem muitas soluções para cada orçamento.

O material mais barato é certamente feito de caixas de ovos vazias, caixas de papelão. Eles são definidos como excelentes isolantes para interiores, um pouco menos para evitar que o som saia e seja percebido do lado de fora.

Outro método de baixo custo é cobrir as paredes da sala com painéis de cortiça ou poliestireno. São materiais leves e facilmente disponíveis, mas o resultado é limitado.

Tomando um exemplo das soluções utilizadas pelos cinemas e teatros, pode-se pensar em cercar o perímetro da sala com cortinas pesadas que criam um ambiente isolado, sem causar ondas acústicas.

Um dos princípios fundamentais é aumentar o volume e a espessura das paredes. Com o desenvolvimento de novos materiais e tecnologias é possível ter um bom resultado mesmo com painéis não muito profundos. Isso pode ser feito com diferentes materiais absorvedores de som. Estes são usados ​​no setor de construção e arquitetura e, como diz a palavra, absorvem o som, modificando sua trajetória e modulando a reverberação. Eles são chamados de compostos porosos, que então deixam a onda entrar, mas não saem.

Este tipo de produtos é dividido em duas categorias principais: materiais absorventes de som fibroso e materiais absorvedores de som de células abertas.

Os primeiros são os mais comuns e econômicos: lã de vidro, lã de rocha, cortiça, aparas de madeira, cortinas, carpetes e tapetes. Os últimos são menos conhecidos, mas igualmente eficazes: argila expandida, perlita expandida, vermiculita expandida, melamina expandida e poliuretano expandido.

Materiais absorventes de som são frequentemente usados ​​em conjunto com materiais isolantes de som para garantir um melhor desempenho.

Para este último vale a lei segundo a qual uma superfície é mais sólida isolando quanto maior for seu peso específico. Neste sentido, elementos naturais como chumbo e borracha (geralmente preferidos ao anterior) serão úteis.

Muitos fabricantes tendem a combinar esses dois materiais, combinando-os com os absorventes de som e criando painéis de sanduíche ou rolamentos.