Fácil de reestruturar, um guia útil

O que significa renovar uma casa?

Reestruturar a casa é para muitos o sonho de uma vida. Ou um pesadelo, se você perceber que já começou a subestimar ou negligenciar certas dinâmicas e certas intervenções. A renovação de uma casa é um trabalho longo, cansativo e muito dispendioso, tanto em termos de energia física e mental como de um ponto de vista econômico. É por isso que é vital começar a trabalhar apenas quando você tem uma ideia clara de onde deseja ir. Qual deve ser o projeto de renovação? Como você quer fazer isso? Com quais profissionais do setor você deseja entrar em contato? Estas são apenas algumas das questões mais importantes para as quais é necessário ter uma resposta precisa com antecedência. O termo "reestruturar" é muito amplo e inclui uma série de intervenções que você pode operar em sua casa. Varia desde o simples reparo de estruturas antigas e danificadas até a completa distorção do estilo arquitetônico e da decoração da casa. Não é preciso dizer que, dependendo da intervenção planejada, os custos e a duração dos trabalhos mudam.

Renovar o planejamento em casa

Como dissemos há pouco, um papel importante no processo de reestruturação é ocupado pelo planejamento do mesmo. Se em sua mente você já tem uma idéia muito concreta e precisa de como sua casa terá que mudar, você terá uma vantagem, mas você ainda terá que tomar cuidado para não dar o passo mais longo da perna. Ser guiado apenas pelo instinto é uma tentação na qual é melhor não cair: se, como dissemos, a prevenção é melhor do que remediar, da mesma forma é aconselhável recorrer a arquitetos especialistas no ofício, capazes de guiá-lo e orientá-lo passo a passo. trabalho de reestruturação. É melhor investir algo mais nas fases iniciais e, para ter certeza do trabalho feito corretamente, você terminará com a reestruturação concluída com uma série de patches a serem corrigidos (com conseqüente e superior desembolso econômico). Hoje em dia, há uma série de softwares que permitem criar modelos 3D em escala de sua casa, sobre os quais atuar, por exemplo, adicionando ou removendo uma janela, demolindo ou erguendo paredes e revolucionando desde o início até a mobília da casa. : estes softwares são usados ​​para criar um modelo virtual em miniatura da casa, de modo a ser capaz de criar em embrião uma idéia muito concreta e precisa do que será a casa após a renovação, mesmo antes de começar o trabalho. Um apoio não insignificante, muito útil para simplificar sua vida.

Renovar a autorização da casa

Uma vez esgotada a parte conceitual, é bom entrar agora no que é todo o componente burocrático e legislativo que sustenta a renovação de uma casa. Conhecer a documentação necessária para solicitar as licenças de renovação é muito menos divertido e recompensador do que imaginar como será nosso novo quarto, mas é vital saber como navegar pela selva da burocracia. Antes de tudo, é essencial identificar o tipo de trabalho que será realizado. Existem várias "classes" de obras a serem executadas, estabelecidas pelo texto único do edifício: manutenção ordinária (obras de construção envolvendo reparo, renovação e substituição de acabamentos de edifícios e obras necessárias para integrar ou manter sistemas tecnológicos existentes), manutenção extraordinária (obras e modificações necessárias para renovar e substituir até mesmo partes estruturais de edifícios, bem como para realizar e integrar serviços sanitários e tecnológicos), restauração e reabilitação conservadora (intervenções de construção destinadas a preservar o organismo do edifício e assegurar a sua funcionalidade através de um conjunto sistemático de trabalhos que permitam utilizações utilizáveis ​​compatíveis com elementos tipológicos e estruturais do próprio organismo: trata da consolidação, restauro e renovação dos elementos constituintes, inserção de elementos acessórios e eliminação de elementos alheios ao organismo de construção), r planeamento de edifícios (intervenções destinadas a transformar organismos construtores através de um conjunto sistemático de obras que podem levar a um organismo de construção em todo ou em parte diferente do anterior, incluindo a demolição e reconstrução com o mesmo volume e forma do edifício anterior) (todas as intervenções de transformação de edifícios e urbanismo que não pertencem às categorias anteriores).

Uma vez classificado o tipo de intervenção, é possível identificar a prática construtiva correspondente, cujo caminho é indicado pelo Município de referência. Isto será seguido por uma série de autorizações para o trabalho relacionado com o tipo de reestruturação: comunicação do início da actividade de construção livre (CIA ou CIAL, para manutenção extraordinária), licença de construção (nova construção, reestruturação urbana), notificação do início da actividade ( o DIA), relatório de start-up certificado (SCIA, introduzido em 2010).

Renovar casa como proceder

Uma vez que as obrigações burocráticas tenham sido cumpridas, é possível começar o trabalho. Como já mencionado acima, é altamente recomendável entrar em contato com um designer ligado a um pedido profissional (agrimensor, arquiteto, engenheiro), que será a pessoa de contato para todos os sujeitos envolvidos na reestruturação (incluindo o Município) e com quem será assinada. tarefa de identificar todos os serviços solicitados, a compensação, os métodos de pagamento e o tempo de conclusão do projeto. Neste ponto, é apropriado estabelecer imediatamente o orçamento (e comunicá-lo ao projetista), escolher o projeto (definido em cada detalhe para não deixar margens discricionárias durante as obras) e confiar à empresa que lidará com a reestruturação. Uma vez que o contrato tenha sido assinado com a empresa, a apresentação da prática do edifício terá que ser verificada e só então as obras poderão ser anunciadas oficialmente. No final da intervenção, a comunicação do final dos trabalhos às assinaturas do cliente, o certificado de teste assinado pelo técnico e o pedido de certificado de viabilidade, a declaração de variação cadastral (DOCFA) na Agência local será apresentada no Município. Somente após ter apresentado essas práticas mais recentes, o procedimento técnico-administrativo pode ser considerado concluído.

Renovar etapas da casa

Dentro da verdadeira renovação da casa existem vários passos e diferentes tipos de intervenção que devem estar muito presentes. Em particular, se falamos de nossa casa particular, há vários elementos constituintes em relação aos quais devemos ter idéias muito claras. Estamos falando de sistema de aquecimento, piso, cozinha, iluminação, banheiro e louças sanitárias e mobiliário real. Vamos começar pelo sistema de aquecimento: um ambiente pode ser aquecido de acordo com diferentes métodos - sistema de parede radiante, placas, ar condicionado - e cada um deles assume que a reestruturação é projetada ad hoc para favorecê-lo. Por exemplo, no caso de um sistema radiante de piso, deve ser certo que a diferença de altura entre a laje e o piso final seja tal que permita a colocação dos painéis radiantes e uma camada adequada de gaveta sobreposta (cerca de 7 cm), de modo a otimizar o rendimento da planta. Da mesma forma, mesmo o sistema de placas com radiadores deve ser cuidadosamente pensado, uma vez que os radiadores acabarão ocupando certos espaços ao longo das paredes, em correspondência dos quais será impossível colocar móveis ou outros elementos de mobiliário.

Uma vez resolvida a questão do radiador, passemos para as verdadeiras "bases" de renovação da casa, isto é, o que ocupa a parte inferior, o piso. A escolha do piso é fundamental, sendo um elemento fundamental para dar estilo e atmosfera ao lar. Cimento, parquete, mármore, resina: as opções são muitas e cada uma deve ser preparada com um background diferente para se comunicar em tempo com a empresa responsável pelo trabalho.

Outro elemento crucial no trabalho de renovação é a cozinha, uma das salas mais "vividas" de uma casa, bem como aquela em que a maioria dos eletrodomésticos acaba se concentrando. Para não transformar a cozinha dos sonhos num pesadelo, é bom planejar adequadamente a disposição de cada elemento que a constituirá. Uma boa idéia é ir a revendedores selecionados armados com a fábrica para então comissionar o encanador e eletricista para trabalhar com plena consciência de qual será o aspecto final da sala. Preparar canos de água com dreno e tomadas elétricas nos lugares errados pode causar danos irreparáveis ​​ao sucesso de sua nova cozinha. A iluminação é outro aspecto fundamental e muitas vezes subestimado. Saber onde instalar candelabros, holofotes e arandelas é de suma importância para dar o corte certo de luzes - e atmosfera - para sua casa. Aqui também é necessário jogar com antecedência, e confiar a equipe de eletricistas para trabalhar, já tendo entendido completamente onde e como a iluminação será organizada.

Agora vamos para o capítulo do banheiro: aqui a questão não é tanto de localização e arranjo, mas sim de estética. Na verdade, as empresas tendem a realizar os sistemas de acordo com padrões que agora estão desatualizados (ou seja, com o sistema de piso clássico a uma certa distância da parede). Uma vez que agora é possível colocar suas instalações sanitárias niveladas ou suspensas, é bom comunicar quaisquer variações de tempo, de modo a encontrar-se com soluções estéticas mais agradáveis ​​que podem poupar até 15 cm de espaço.

O último passo é aquele relativo ao mobiliário: a estrutura foi renovada, agora é hora de preenchê-lo. A mobília é certamente o passo mais fácil de administrar. Na verdade, mudar uma peça de mobília que você não gosta é muito mais simples do que reverter o arranjo de eletrodomésticos em uma cozinha. Mas, uma vez que refazer as coisas duas vezes nunca é agradável, mesmo neste caso, recomendamos ter uma ideia clara no topo do estilo e atmosfera que deseja dar à sua casa antes de começar a comprar os itens de mobiliário.

Fácil de renovar, um guia útil: Reestruturação da dedução da casa 2018

A dedução de reestruturação de 2018 representa um alívio fiscal para aqueles que trabalham em sua propriedade até 31 de dezembro de 2018. A última lei orçamentária estendeu essa medida, o que pode levar a deduções de até 50% e um limite máximo de 96 mil euros por unidade imobiliária. Mas como funciona a dedução de renovação de 2018? Aplica-se no caso de trabalhos que se enquadram nas extraordinárias classes de manutenção (por exemplo, instalação de elevadores ou escadas de segurança), restauro ou restauro conservador (ajuste das alturas dos pavimentos) e renovação. Quanto às partes comuns dos edifícios residenciais, a dedução também é prevista para manutenção ordinária. Além destes, há também toda uma série de obras que podem se beneficiar da dedução de 50%: estamos falando de obras relacionadas à construção de garagens ou estacionamentos, a eliminação de barreiras arquitetônicas para elevadores ou elevadores, implementação de qualquer instrumento que seja adequado para promover a mobilidade interna e externa de pessoas com deficiências graves, para a recuperação do amianto e para a execução de obras para evitar acidentes domésticos, para a adoção de medidas destinadas a prevenir o risco de cumprimento de atos ilícitos de terceiros. E quem pode tirar proveito da dedução? A lista inclui, além dos proprietários ou detentores dos direitos reais de propriedade, também o inquilino, o mutuário, os membros de cooperativas divididas e indivisas, os membros de empresas simples e empresários individuais, no caso de propriedades que não estão incluídas entre aqueles instrumental ou mercadoria. Além disso, a dedução da reestruturação é também devida ao familiar (cônjuge, parentesco de terceiro grau, semelhante no segundo grau) que coabita o proprietário ou titular do imóvel, desde que ele arcar com as despesas e faturas e transferências bancárias feitas a ele. Aproveitar a dedução é muito simples: basta indicar na declaração de imposto os detalhes cadastrais identificados da propriedade e os detalhes cadastrais da escritura do título, bem como outros dados necessários para o controle da dedução (se a obra for realizado pelo titular).