Consumo de energia como reduzir e economizar com o Wilo

wilo

Reduzir o consumo de energia e economizar custos em até 90%? Hoje você pode escolher entre a variedade de soluções Wilo para unidades residenciais de uma ou duas famílias.

As mudanças climáticas resultantes da poluição ambiental e a escassez de recursos energéticos geram a necessidade de produtos de alto rendimento e eficientes em energia dedicados à construção residencial.

A Wilo expandiu, portanto, sua linha de bombas para facilitar o usuário na escolha de produtos com desempenhos diferentes, para atender a todas as necessidades de projeto de construção.

Alto consumo de energia: onde?

Em cada casa há alguns aparelhos com alto consumo de eletricidade, como TV, máquina de lavar roupa, máquina de lavar louça, secadora, iluminação, geladeira. Além destes, existem alguns dispositivos que muitas pessoas ignoram, mas cujo uso aumenta a conta de energia elétrica com o aumento do consumo de energia.

Esta é, por exemplo, a bomba de aquecimento que tem a tarefa de circular a água dentro do circuito entre a caldeira e a sala a ser aquecida.

Consumo de energia como reduzir e economizar com Wilo: Wilo-Stratos PICO

As antigas bombas não reguladas consomem uma quantidade considerável de energia, mas a sua simples substituição pela nova bomba Wilo-Stratos PICO de alta eficiência permite uma economia anual de 141 euros no consumo total de energia do orçamento familiar.

Até 90% de economia nos custos de energia em comparação com os antigos circuladores.

O Wilo - Stratos Pico é adequado para todos os sistemas de aquecimento de água quente e ar condicionado: é mais eficiente que qualquer outra bomba classe A do mercado. Graças a essa excelente economia na fatura, a bomba praticamente se paga já no primeiro ano.

Outro produto de topo da gama é o Wilo - RainSystem AF Comfort, indicado para a recuperação de águas pluviais dentro de tanques ou tanques. É um sistema pronto para conexão, testado de acordo com a diretiva RAL sobre qualidade GZ 994 e atende aos requisitos da norma DIN 1989 e EN 1717.