Furnish saving

Alguns conselhos para fazer as escolhas certas

Um segredo para viver bem a nossa casa, hoje com os tempos que correm, é fornecer poupanças. Esta prática é perfeita, especialmente para casais jovens e estudantes, solteiros, aqueles que não têm muito dinheiro disponível para a compra de móveis e móveis.

Um segredo para fornecer poupança é comprar apenas o que realmente precisamos e apenas peças de que gostamos: se tivermos a menor dúvida, vamos deixar de lado.

Para adquirir móveis e acessórios em total economia podemos atuar de duas formas diferentes: avaliar as ofertas de mercado em tempo variável, com vendas ou falências que levam a descontos de até 70%, ou comprar móveis de baixo custo, como o famoso produtor de Mobiliário sueco, Ikea.

Mobiliário de baixo custo: guia de compras

Comprar mobília e mobília de baixo custo não significa, contudo, fazer compras que são pobres ou não muito duráveis: devemos avaliar cuidadosamente e escolher bem porque o que compramos deve durar muito tempo sem ser danificado logo ou quebrar com impossibilidade de uso.

De fato, muito frequentemente, ao comprar mercatões de grande escala, é possível escolher móveis que possam ser sólidos e robustos, mas depois de pouco tempo eles mostram o contrário: é bom avaliar os materiais de que são feitos e escolher de acordo.

Os custos são significativamente menores em móveis caracterizados por laminados, núcleo oco e madeiras agregadas. É importante, no entanto, avaliar também o uso que pode ser feito: uma pequena mesa em favo de mel com um design minimalista, esteticamente muito bonita e com espessura considerável, não pode, no entanto, suportar pesos superiores aos dados pela mentira.

De fato, se depois de uma compra deste tipo nós colocarmos uma enciclopédia em cima disto, esta mobília nos durará não mais que algumas horas, abrindo debaixo do peso consistente. Cada peça de mobília deve ser usada de acordo com o texto e respeitando sua natureza material intrínseca, especialmente quando falamos de mobília e economia.

Economia de mobiliário: as soluções econômicas, práticas e funcionais

Se queremos mobília resistente, forte e quase sempre barata, vamos nos debruçar sobre os metais, em particular o aço cromado e a madeira maciça deixada crua.

Quando o acabamento é praticamente inexistente, como acontece frequentemente pela Ikea, podemos avaliar a escolha de móveis sólidos, resistentes e resistentes que, se quisermos, podemos modificar em cor e acabamento, com uma pincelada de cor ou mordente.

O aço, por outro lado, com uma estética bela e industrial, é resistente e mostra imediatamente sua potência e resistência, sem custos excessivos.

Nas fotos: móveis Ikea